quarta-feira, 16 de março de 2011


A banda Superbacana foi fundada no Rio de Janeiro no inicio dos anos 70 por uma turma de músicos que tinha por finalidade animar os bailes nos clubes da cidade, diga-se de passagem, nesta época os “bailes de clube” eram o que havia de mais animado em termos de entretenimento, tendo bandas como The Fevers, Renato e Seus Blue Caps, Lafayette e Seu Conjunto, Painel de Controle, etc... como as primeiras no ranking das que mais lotavam os ginásios e clubes do Rio e arredores.
Já em 1973, e sem ainda ter gravado nenhum disco, o Superbacana disputava de igual para igual com as bandas com maiores bilheterias dos bailes de sábado à noite: em média de 4 a 6 mil pessoas cantando e dançando os maiores sucessos nacionais e internacionais que as rádios de maior audiência tocavam nas suas “Hit-Parade” .
Um detalhe importante e impressionante que vale destacar é que, como a tecnologia para equipamentos de som usado nos shows ainda era “o som que eu produzo aqui no palco é o mesmo que a última pessoa lá do fundo vai ter que ouvir”, o Superbacana se apresentava com uma verdadeira “parede” de amplificadores super-potentes para seus instrumentos, o que foi motivo inclusive de reportagem em algumas revistas e jornais especializados da época, destaque para uma foto na folha central da revista AMIGA que fazia a cobertura de um show do Ginásio Caio Martins em Niterói, mostrando o equipamento do Superbacana ocupando a quadra quase que completamente.
Enfim, em 1977, veio o 1º disco gravado pela extinta Polydor e onde hoje funciona a Universal Music, que deu início às turnês pelo Brasil e à parte mais intensa da vida do Superbacana, pois a partir daí, a banda além de gravar seus próprios discos, fez também participações em discos de outros artistas, como Zizi Possi, Vital Farias, Peninha, Gérson “King” Combo, e vários outros.
Além das infindáveis aparições nos programas de TV para apresentar seus discos (Chacrinha, Bolinha, Silvio Santos,...), o Superbacana foi muitas vezes convidado pela Rede Globo para participar do programa GLOBO DE OURO para defender os sucessos internacionais da época, gravando ao vivo músicas como: If You Leave Me Now (do Chicago), Isn’t She Lovely (do Steve Wonder), California (do Pilot), etc...
...e muita história pra contar...
Ao longo de todos esses anos até 1988, quando o Superbacana deu uma parada, a banda teve entre seus integrantes vários músicos que posteriormente fundaram suas próprias bandas, ou passaram a acompanhar artistas famosos, como por exemplo: O guitarrista Toninho da Cruz, que além de ter seu próprio estúdio faz várias participações importantes em shows de outros artistas, o tecladista Marcos Augusto, que participou da banda do Tim Maia, Joana e hoje tem sua própria banda, Serginho Herval, que gravou discos solo e hoje é o baterista do premiadíssimo Roupa Nova, o tecladista Tutuca Borba, que além de maestro e arranjador é um dos músicos da orquestra de Roberto Carlos, e outros tantos que seguiram suas vidas procurando seus caminhos.
De toda essa história sobraram o Tianes (tecladista e guitarrista) e o Guto (baterista) que, desde a formação inicial continuaram trabalhando juntos em vários outros projetos e outras bandas, quase nunca com trabalhos separados, pois além de uma grande afinidade musical, são amigos de infância, tendo o Tianes aprendido os primeiros acordes de violão com o Guto e a partir daí nunca mais se separaram.
Em 2005, os dois amigos se juntaram aos excelentes músicos Ronaldo Bakker (guitarrista) e Dirceu Seabra (baixista) e dessa reunião resultou a volta do Superbacana à estrada, com a proposta de resgatar para o público daquela época e para os novos amigos que os acompanham a alegria de ouvir novamente todos aqueles sucessos que tanto embalaram a nossa juventude.
É com esta formação onde todos são instrumentistas e cantores, e com o apoio competente de algumas das cantoras mais requisitadas para shows e gravações do Rio de Janeiro que o Superbacana convida toda a turma para deixar rolar o som e alegrar suas festas numa verdadeira volta ao melhor dos anos 70, 80 e 90, ou seja... Flasback pra valer!!!!!!!!!!!

2 comentários:

agsouza disse...

SAUDAÇÃO,Velhas Boas, desculpe, mais vou discordar sobre a fundação do Conjunto Super Bacana,conheci a rapaziada vinda do Espirito Santo,diga-se de passagem,com o nome
do coj.definido,inclusive com grande
problema na bagagem, ou seja divida
da compra de material para a banda.
Nessa epoca, eu residia com meu primo carnal, Pedrinho(guitarra solo
dos The Fevers)solicitei sua ajuda e
assumi a direção do grupo, sendo o
pedrinho Padrinho da turma, que na ocasião abria os bailes antes das
apresentações dos Fevers.
Assumimos o debito, pois existia uma ordem judicial da comarca de Vitoria do Espirito Santo , de busca e apreensão.Posso inclusive
fornecer provas de contratos fechados por nós,e folha de pagamentos aos integrante da banda.Quando vi postado no Blogger que a fundação do conjunto aconteceu no Rio, achei importante manifestar-me sobre o assunto, vou deixar meu Email para possivel contato, se for do seu gosto, assim como indetificar-me.
Agnaldo Souza(Jornalista)
Residencia em Salvador>ba, primos
Pedrinho Ex,Fevers,hoje The Originals.Hyldon Souza, no conjunto a rapaziada me chamava de Gugui.
Email:
deltafoxagsouzajornalista@hotmail.com
agsouzareporter@gmail.com
souzaagnaldoreporter@bol.com.br
Minha intenção única de esclarecimentos.Saudação.Ag.Souza.

agsouza disse...

SAUDAÇÃO,Velhas Boas, desculpe, mais vou discordar sobre a fundação do Conjunto Super Bacana,conheci a rapaziada vinda do Espirito Santo,diga-se de passagem,com o nome
do coj.definido,inclusive com grande
problema na bagagem, ou seja divida
da compra de material para a banda.
Nessa epoca, eu residia com meu primo carnal, Pedrinho(guitarra solo
dos The Fevers)solicitei sua ajuda e
assumi a direção do grupo, sendo o
pedrinho Padrinho da turma, que na ocasião abria os bailes antes das
apresentações dos Fevers.
Assumimos o debito, pois existia uma ordem judicial da comarca de Vitoria do Espirito Santo , de busca e apreensão.Posso inclusive
fornecer provas de contratos fechados por nós,e folha de pagamentos aos integrante da banda.Quando vi postado no Blogger que a fundação do conjunto aconteceu no Rio, achei importante manifestar-me sobre o assunto, vou deixar meu Email para possivel contato, se for do seu gosto, assim como indetificar-me.
Agnaldo Souza(Jornalista)
Residencia em Salvador>ba, primos
Pedrinho Ex,Fevers,hoje The Originals.Hyldon Souza,Cantor e compositor no conjunto a rapaziada me chamava de Gugui.
Email:
deltafoxagsouzajornalista@hotmail.com
agsouzareporter@gmail.com
souzaagnaldoreporter@bol.com.br
Minha intenção única de esclarecimentos.Saudação.Ag.Souza.