quinta-feira, 19 de maio de 2016

JOVEM GUARDA ESPECIAL

 Sergio Murilo nasceu no dia 02 de agosto de 1941, ele foi um cantor e compositor brasileiro que fez parte da Jovem Guarda. Começou a cantar no Programa Trem da Alegria comandado pelo Trio de Osso composto por Yara Salles, Heber de Bôscoli e Lamartine Babo, que fez muito sucesso na Rádio Nacional do Rio de Janeiro no início dos anos 50. Muito jovem fez sucesso com músicas como Broto Legal e Marcianita, que depois seria regravada por Leo Jaime. Sergio morreu no dia 19 de fevereiro de 1992 aos 50 anos, vítima de câncer de fígado.

sábado, 5 de março de 2016

VELHAS BOAS ATUALIDADES
Morreu o criador do R2-D2 de Star Wars 

O professor especializado em robótica Tony Dyson, criador do R2-D2, o célebre robô da saga Star Wars, em 1977, morreu esta sexta-feira em sua casa, na ilha maltesa de Gozo, com 68 anos. O corpo foi encontrado pela polícia maltesa, que se dirigiu ao local depois de receber várias ligações dos vizinhos e amigos do professor, que estavam preocupados com o seu desaparecimento nos últimos dias, segundo adiantou o Times of Malta.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

******VELHAS BOAS MUSICAL******
Esta semana: Making Love Out of Nothing at All - Air Supply

I know just how to whisper
And I know just how to cry
I know just where to find the answers
And I know just how to lie

I know just how to fake it
And I know just how to scheme
I know just when to face the truth
And then I know just when to dream
And I know just where to touch you
And I know just what to prove
I know when to pull you closer
And I know when to let you loose

And I know the night is fading
And I know the time's gonna fly
And I'm never gonna tell you
Everything I gotta tell you But I know
I gotta give it a try

And I know the roads to riches
And I know the ways to fame I know all the rules
And I know how to break ‘em
And I always know the name of the game

But I don't know how to leave you
And I'll never let you fall
And I don't know how you do it
Making love out of nothing at all

Every time I see you all the rays of the sun are
Streaming through the waves in your hair
And every star in the sky is taking aim at your eyes
Like a spotlight

The beating of my heart is a drum and it's lost
And it's looking for a rhythm like you
You can take the darkness from the pit of the night
And turn into a beacon burning endlessly bright

I've gotta follow it ‘cause everything I know
Well it's nothing till I give it to you

 I can make the runner stumble
 I can make the final block
And I can make every tackle at the sound of the whistle
 I can make all the stadiums rock!

 And I can make tonight forever
 Or I can make it disappear by the dawn
 And I can make you every promise that has
 ever been made, and
 I can make all your demons be gone

 But I'm never gonna make it without you
 Do you really wanna see me crawl
 And I'm never gonna make it like you do
 Making love out of nothing at all

 CONFIRA A TRADUÇÃO

Eu sei muito bem como sussurrar
E sei exatamente como chorar
Sei bem onde encontrar as respostas
E sei muito bem como mentir

Eu sei bem como fingir
E sei como fazer meus esquemas
Eu sei a hora de encarar a verdade
E sei muito bem quando sonhar

E sei exatamente onde te tocar
E sei o que provar
Sei quando devo puxar você para perto de mim
E sei quando deixar você sozinha

E eu sei que a noite está acabando
E eu sei que o tempo vai voar
E eu jamais te direi
Tudo que tenho para te dizer
Mas eu sei que tenho que tentar

E eu conheço as estradas da riqueza
E conheço os caminhos da fama
Eu conheço todas as regras
E também sei como quebrá-las
E eu sempre sei o nome do jogo

Mas eu não sei como te deixar
E jamais te deixarei cair
E não sei como você consegue
Fazer amor em troca de nada

Toda vez que te vejo, todos os raios do sol
Estão passando pelas ondas de seus cabelo
E toda estrela no céu está
Mirando teus olhos como um holofote

A batida do meu coração é como uma bateria
Que está perdido mas procura um ritmo como você
Você pode tirar a escuridão das profundezas da noite
E transformá-la numa luz que brilha infinitamente

Eu tenho que seguir, pois tudo que sei
Bem, não é nada até eu ter dado a você

Eu posso fazer o corredor tropeçar
Posso decidir o tempo final
Posso resolver qualquer coisa apenas com o som
de um assobio
Eu consigo fazer todos os estádios vibrarem

Posso fazer uma noite durar para sempre
Ou posso fazê-la desaparecer ao amanhecer
Eu posso fazer todas as promessas
Que já foram feitas
E posso fazer desaparecer todos seus temores

Mas nunca vou conseguir sem você
Você realmente quer me ver rastejar?
E jamais vou conseguir como você consegue
Fazer amor em troca de nada

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Uma dupla de sucesso que voa alto com suas músicas inesquecíveis, eles são os australianos do Air Supply. Começando a historia de quando eles se conheceram, o músico britânico Graham Russell encontrou-se com Russell Hitchcock nos ensaios para um musical chamado "Jesus Christ Superstar" ocorrido em Sydney, Austrália, se tornaram amigos e juntos formaram a banda. Seu repertório é em maior parte de composição do próprio vocalista e instrumentista, e formaram o dueto em 1975. O primeiro hit da banda foi "Lost in Love", mas outros sucessos como "I Can Wait Forever", "All Out of Love", e vem mais por aí... A canção "Sweet Dreams" vem sendo performada pela banda de maneiras diferentes a cada turnê, em 1995 foi reeditada para uma versão mais sinfônica, e que foi gravada ao vivo para CD e VHS - na época - e DVD mais tarde, em um show na Tailândia, onde foram regravados muitos hits e duas novas canções para a comemoração dos 20 anos de formação da banda Air Supply. O tempo passou: em julho de 2005, Graham e Russell lançaram o álbum de vídeo It Was 30 Years Ago Today para comemorar os 30 anos da banda. Pulando agora para 2007: o compositor e vocalista Graham Russell iniciou um projeto solo, no qual compôs canções para serem lançadas juntamente com a turnê de 2007, um álbum chamado The Future. Esta foi a primeira vez que Graham lança-se em um álbum no qual somente ele canta, sem o parceiro Hitchcock. Atualmente, o Air Supply se apresentam raramente em algumas cidades do exterior e vão fazer um show dos 40 anos da banda ao Brasil, em São Paulo e Curitiba.

domingo, 1 de novembro de 2015

Jingle Velhas Boas

Agora sim, a continuação do especial de comerciais da saudosa marca de alimentos Cica com a Turma da Mônica para homenagear o desenhista Mauricio de Sousa, que completou 80 anos (no dia 27/10). Esta é a segunda (e última) parte, começando com os coloridos anos 70.
Molho de tomate Elefante


Vinagre de vinho tinto Cica


Groselha vitaminada Cica


Molho para macarronada


Maionese Cica


Maionese rosê


Por hoje é só, agora voltaremos às postagens de biografias, notícias e mais novidades aqui no blog.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Jingle Velhas Boas

Hoje vou começar mais um especial, agora com os comerciais antigos com a Turma da Mônica. Para homenagear o maior desenhista do Brasil e de todo o mundo: Mauricio de Sousa que completa hoje seus 80 anos de vida.
Para abrir, veja os comerciais da saudosa marca de alimentos Cica (ainda em preto e branco) da turminha no final dos anos 60.
Salão da criança

Extrato de tomate Elefante com o Jotalhão


Ervilha Jurema com Cebolinha


Marmelada com Chico Bento e Zé lelé


Já no comecinho dos anos 70, ainda em preto e branco, o comercial do marrom glacê
(com a Mônica e o Cascão)


Molho de pimenta com o fantasminha Penadinho

 Gostou de relembrar? Não perca na próxima postagem, a segunda (e última) parte do especial de comerciais com a Turma da Mônica (ainda nos anos 70) agora em cores.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

VELHAS BOAS ATUALIDADES 
Trilogia "De Volta Para o Futuro" completa 30 anos com lançamentos para os fãs

O ano de 2015 é importante para os amantes da trilogia 'De volta para o futuro' não só porque marca os 30 anos do lançamento do primeiro filme da saga, comemorado em julho. Mas também porque foi precisamente nesse ano, num então fictício 21 de outubro de 2015, que Marty McFly, sua namorada, Jennifer Parker, e o atrapalhado Dr. Emmett L. Brown aterrissaram no futuro, na história do segundo filme da franquia. O futuro chegou e, claro, é um pouco diferente do imaginado pelo diretor Robert Zemeckis. Os jovens ainda andam de skates de rodinhas, apesar de uma empresa japonesa já ter lançado um protótipo do tal skate voador pilotado por McFly na sequência. Os tênis que se amarram sozinhos também não passam de uma aposta da Nike que ainda não foi lançada. E parece ser mais uma homenagem ao filme do que uma real necessidade da população mundial. E a tal viagem no tempo, sonhada por tantos, não está nem perto de virar realidade. Mas não dá para falar que o filme erra em tudo. A versão 3D de 'Tubarão 19' pode até não existir, mas quantos filmes de heróis ou aventura estão ultrapassando a sua sexta sequência? Isso sem falar no cinema tridimensional, que tem ganhado cada vez mais produções e público nos últimos anos. Zemeckis também acertou ao prever que a biometria seria mais utilizada – não exatamente para abrir a porta de casa, mas para saques em bancos, por exemplo – e ao idealizar os fantásticos óculos com computador embutido, bem comparáveis ao Google Glass.

 Lançamentos 

Na mesma data, será lançado nos Estados Unidos o documentário 'Back in time'. Viabilizado por meio de financiamento coletivo e dirigido por Jason Aron, o documentário tem entrevistas com Michael J. Fox (Marty), Christopher Lloyd (Doctor Brown), Lea Thompson (Lorraine, mãe de Marty), Claudia Wells (Jennifer, namorada de Marty), James Tolkan (Gerald, o diretor da escola) e Donald Fullilove (prefeito Goldie Wilson), além do produtor executivo Steven Spielberg, do roteirista Bob Gale e do diretor Robert Zemeckis. No Brasil, deve chegar às livrarias 'De volta para o futuro – Os bastidores da trilogia'. Escrito por Caseen Gaines, o almanaque reúne informações coletadas por meio de mais de 500 horas de entrevistas com elenco, produtores, roteiristas, diretor, além de fãs e críticos de cinema. Já para ter acesso à aguardada série de quadrinhos 'De volta para o futuro', anunciada pela IDB Publishing, os brasileiros terão que esperar um pouco, pois a primeira edição da revista só chega às lojas na mítica data nos Estados Unidos. A produção, supervisionada pelo roteirista original do filme, Bob Gale, vai explorar histórias do passado de McFly e do Doctor Brown, além de outras linhas do tempo deixadas de lado pelos filmes. A primeira edição do quadrinho contará como Marty conheceu o Doctor Brown e terá ainda outra história, ambientada em 1943, que mostra o cientista maluco envolvido no misterioso Projeto Manhattan.

Curiosidades

 *A máquina do tempo, construída no possante DeLorean, deveria ser originalmente uma geladeira. A produção fez a mudança com medo de que as crianças escalassem o eletrodoméstico.
 *O icônico papel de Marty McFly ia ser vivido por Eric Stoltz, que chegou a gravar algumas cenas. Mas o diretor achou que ele não convenceria como adolescente e escalou Michael J. Fox.
 *O nome do Doctor Emmett Brown não é por acaso. O som da palavra ‘Emmett’, ao contrário, é o mesmo da palavra ‘time’ (tempo).
*O skate não era muito usado nos EUA em 1985. Muitos creditam ao filme a popularidade do esporte no país.